Minuciosas e perfeccionistas, as mulheres conquistaram seu lugar no âmbito da arquitetura e design. Na arquitetura, a delicadeza e sensibilidade do olhar feminino podem ser um grande diferencial em seus projetos, e com diversos estilos e muita dedicação, as mulheres criaram novos conceitos, moveis, ambientes, edifícios, entre outros projetos inspiradores.  No dia internacional das mulheres, homenageamos cinco arquitetas que marcaram a história com suas obras pelo mundo.

1 Denise Scott Brown

Nascida no dia 3 de outubro de 1931 nos Estados Unidos a arquiteta, urbanista, professora e escritora, é também a principal membro da empresa Venturi. Denise Scott e seu segundo marido, são considerados entre outros profissionais do segmento da arquitetura, os mais influentes do século do século XX. Mestre em planejamento urbano, lecionou em diversas universidades, entre elas Yale e Harvard. Dentro dos seus projetos de maiores destaques, está o Edifício de Graduação de Ciência do Instituto de Ciências da Vida e o Complexo Universitário Palmer Commons. Denise também conquistou diversos prêmios, entre eles o Edmund N. Bacon Prize em 2010.

2 Kazuyo Sejima

Kazuyo nasceu em 1956 no Japão, é uma arquiteta e uma das sócias fundadoras do escritório SANAA. Vencedora do Pritzker em 2010, em conjunto com Ryue Nishizawa, a arquiteta japonesa, foi nomeada Diretora do Setor de Arquitetura da Bienal de Veneza, para o qual ela curou a 12ª Exposição Internacional de Arquitetura, realizada em 2010. Sendo uma grande representante da arquitetura contemporânea, possui uma lista de projetos notáveis, incluindo o New Museum of Contemporary Art, em Nova York (EUA), e o Serpentine Pavilion, em Londres, Inglaterra.

3 Lina Bo Bardi

Achillina Bo, mais conhecida como Lina Bo Bardi, nasceu em 5 de dezembro de 1914 em Roma e faleceu no ano de 1992 no Brasil. Arquiteta modernista ítalo-brasileira, casou-se com o jornalista Pietro Maria Bardi em 1946 e devido aos traumas da guerra e à sensação de destruição, partiu para o Brasil, onde viveu o resto da sua vida. Simplicidade, clareza e convívio, foram pontos fortes que sustentou todas suas obras mais conhecidas até os dias de hoje. Entre suas obras mais famosas temos desde obras de arquitetura, como  o MASP e o Sesc Pompéia, quando mobiliários de design.

4 Marion Mahony Griffin

Umas das primeiras mulheres a serem licenciadas arquitetas do mundo, e é um dos membros originais do movimento Prairie School, Marion Griffin nasceu em Chicago onde viveu toda a sua vida. Com o marido, trabalhou no campo do urbanismo, foi coautora e ilustradora do projeto da cidade de Canberra, Austrália. Além disso, Marion era horticultora, designer gráfica, pintora e ativista política. Marion, depois de um período se tornou conhecida como uma das maiores desenhistas de arquitetura, mas, durante sua vida, seu talento era visto apenas como uma extensão do trabalho feito pelos homens do escritório, porém historiadores de arquitetura investigaram as nuances e estilo do movimento, reconhecendo sua originalidade, e enfim atribuindo à ela o título de “maior desenhista de arquitetura de sua geração”.

 5 Zara Hadid

Nascida em Bagdá no dia 31 de Outubro de 1950, Zara foi uma arquiteta iraquianabritânica identificada com a corrente desconstrutivista da arquitetura. Em 2004, Zaha Hadid se tornou a primeira mulher a receber o Prêmio Pritzker de Arquitetura, atribuído pelo conjunto de sua obra. Anteriormente também fora premiada pela Ordem do Império Britânico pelos serviços realizados à arquitetura. Em 2015 ela quebrou a hegemonia masculina, ao ser laureada com a medalha de ouro do Royal Institute of British Architects. Com obras em diversos cantos do mundo, Zaha Hadid possui em seu portfólio diversos projetos de grande importância para a arquitetura, um dos que tiveram mais destaque na mídia, no entanto, foi a construção do Centro Aquático de Londres, especialmente para as Olimpíadas de 2012. Zara faleceu no ano de 2016 em Miami.

(Total de 18 visitas, 1 visistas somente hoje)

Adicionar Comentário