O quarto é um ambiente extremamente pessoal e que pode parecer um pouco difícil de escolher uma decoração, pois é nele que passamos grande parte do nosso tempo, seja dormindo ou relaxando, a decoração do quarto deve expressar a personalidade e ao mesmo tempo ser um ambiente confortável.

Para a Mostra Sustentável 2019, as profissionais Sônia Magna Viana da Silva – Arquiteta e Urbanista , Simone Saviolli – Designer de Interiores e o engenheiro civil Gustavo Rodrigues Ramos estão presentes com o ambiente “ Quarto dos avós e Jardim Sensorial”.

Os profissionais contam um pouco mais sobre o projeto – ” O quarto do avós e jardim sensorial é um projeto idealizado para mostrar que a idade é sinônimo de longevidade.  E o fato de se ter um Down, na família, não priva você de nada, aliás só acrescenta muito mais cor e alegria na sua vida, é viver e sentir tudo sobre outra ótica – Fred garoto esperto, curioso, ama ler e contar histórias para os amigos. Avós- extremamente jovens, amorosos, amam viajar, adoram lugares onde possam se sentir em paz e em contato com a natureza.  O quarto – reflete a forma livre, leve e conceitual de viver dos avós. – ”

Todos os objetos de decoração presentes no ambiente, foram propositalmente pensados para levar mais tecnologia e sofisticação para o quarto, os profissionais reforçam – ‘’ A cama e criados mudos flutuantes com uma arte canetada ao fundo com o símbolo da longevidade no Japão a cerejeira, que significa celebrar a vida.  Um banco suspenso para dar a sensação de estar lendo sobre o ar, uma pequena galeria de artes para registrar os momentos de viagens da família e uma escultura que foi baseada na origem da vida. – ”

Representando a Vila 21, o paisagismo foi projetado com o conceito sensorial e geométrico que estimula o neto Down. No jardim tem-se a pérgola, um espelho d’água, um jardim vertical e um quadro, feito pelos alunos da Fundação de Síndrome de Down. Foram utilizadas plantas sensoriais como: camomila, alecrim e lavanda. Texturas diferentes da grama, piso e pedras. O ambiente ainda conta com uma cisterna sustentável que coleta água fluvial, para alimentar o jardim e a residência.

Para este ambiente, o Ateliê Revestimentos forneceu pisos vinílicos da Durafloor da Linha City padrão Barbados e rodapés Santa Luzia cinza glacial. A escolha dos produtos foi um fator muito importante para os profissionais, pois além de levar sofisticação e funcionalidade para o ambiente, os produtos também teriam que ter um apelo sustentável – ‘’ A preocupação em passar para as pessoas a importância de sustentabilidade em qualquer situação, seja um quarto, uma sala ou um jardim, você pode ter o belo, o criativo, sem agredir mais ainda o meio ambiente e aproveitando, recursos naturais, como a chuva, plantas, entre outros.’’

Fotos: Ateliê Revestimentos

Ambiente: Mostra Sustentável – Quarto dos avós e Jardim Sensorial

Material: Pisos vinílicos Durafloor – Linha City/ cor BARBADOS e Santa Luzia: Rodapé – CINZA GLACIAL cod 519

(Total de 79 visitas, 1 visistas somente hoje)

Adicionar Comentário