Viajar e poder conhecer um pouco da cultura e as obras de arquitetura conhecidas naquela região é muito satisfatório! Museus, igrejas, edifícios, construídos pelo mundo têm resistido ao tempo, e proporcionam maior conhecimento sobre a cultura e a história.

Algumas obras arquitetônicas além de deslumbrantes, são impressionantes pelo projeto de forma geral, sendo de forma artística ou pela sua tecnologia, que tornam algumas tão conhecidas e famosas.

Conheça 5 obras que são conhecidas mundialmente:

1 – Ópera de Sydney – Austrália

A Ópera de Sydeney é considerada uma das obras arquitetônicas mais famosa mundialmente. Seu design é inovador e ousado, foi desenvolvido por Jorn Utzon.  O edifício é composto de três conchas interligadas que servem de cobertura para as salas de espetáculos, além de outras instalações. Depois de mais de quarenta anos de funcionamento, essa grande obra se tornou símbolo da nação australiana.

 

2 – Templo de Lótus –  Índia

Entre todas as obras famosas, o Templo de Lótus indiana pode ser considerada a obra mais bela do mundo. O templo foi um projeto feito pelo arquiteto Fariborz Sahba e trata-se de um templo erguido para uma religião monoteísta chamada Fé baháí , que tem como foco, pregar a união espiritual, a ampla sala central possui nove acessos. Eles simbolizam, justamente, a possibilidade da junção harmoniosa de pessoas de diferentes crenças por um mesmo propósito: o da paz.

3 – Kaufmann Residence ou Fallingwater – Pensilvânia

A “Casa da Cascata” é outra obra magnífica e sua edificação foi projetada por Frank Lyoyd Wright. A residência é localizada na região de Laourel Highlands e é considerada patrimônio histórico dos EUA. A obra ficou famosa por suas amplas estruturas em balanço, algo muito inovador para a época da sua projeção. Dessa forma, acabou se tornando que o natural e o artificial podem ser sim, colocados lado a lado, em harmonia.

4 – Museu de Arte de São Paulo – MASP

O MASP é um museu flutuante, elevado, um prisma suspenso onde se concentram as obras de arte e o acervo. Separado pelo famoso vão livre, o MASP ainda conta com um restaurante, teatro e outras áreas destinadas a atividades culturais e até, eventualmente, oficinas e workshops. Projetado por Lina Bo Bardi, os 3 espaços do MASP são divididos em: uma área de livre acesso ao povo, ladeado por espelhos d’água, o andar superior, em concreto armado e com amplas fachadas de vidro, e o inferior, como mencionado antes, “escondido” sob a terra.

5 – Museu do Amanhã – Rio de Janeiro

O museu de ciências interativo faz parte de um projeto de revitalização que trouxe para o Brasil um projeto de um dos melhores arquitetos do mundo. O projeto arquitetônico do Museu do Amanhã é de autoria de Santiago Calatrava em parceria com o escritório local Ruy Rezende Arquitetura. O prédio conta com 15 mil metros quadrados de área construída, 20 metros de altura e 330 metros de comprimento. Além de ser uma obra de incrível beleza arquitetônica, o Museu do Amanhã também se destaca pela arquitetura sustentável. Uma curiosidade: Em 2018, o Museu do Amanhã ganhou o Leading Culture Destinations Awards, considerado o ‘’Oscar dos Museus.’’

 

(Total de 115 visitas, 1 visistas somente hoje)

Adicionar Comentário